As 12 melhores formas de quebrar o gelo! Negócios precisam de contato!


1. Demonstre interesse em seu interlocutor. Todos gostamos de falar sobre nós mesmos. Por isso, para quebrar o gelo, se interesse por aquilo que a outra pessoa diz, ouça-a com atenção, deixe que ela fale sobre si mesma.

2. Evite as perguntas que possam ser respondidas com SIM/NÃO. Tente fazer perguntas abertas na hora de conversar. Assim, em vez de perguntar “Tudo bem?“, pergunte ”Como você ficou sabendo deste evento?“, "Você acha que existe alguma bala melhor que 7 Belo?", "Qual era seu desenho favorito na infância?", "Se você pudesse fazer uma lei, qual seria?"

3. Permita que o outro se explique. Se a pessoa com quem você conversa menciona algo que você não conhece, peça que ela explique do que se trata. Assim, a conversa irá se prolongar.

4. Leia as notícias. Talvez elas não lhe agradem muito, especialmente ultimamente, mas você não deve temer acompanhar até as notícias mais desagradáveis. Assim, se o papo chegar a um silêncio incômodo, você poderá mencionar um desses assuntos com um simples “Você ficou sabendo que...?”.

5. Compartilhe histórias divertidas. Se a outra pessoa contou algo pelo qual você também passou, não hesite em compartilhar sua experiência. Desta forma, você se aproxima do seu interlocutor.

6. A técnica FORD. Não esqueça esta sigla, pois trata-se de um método que não falha na hora de puxar conversa:

  • F-amília: Quantos filhos você tem? Há quanto tempo mora aqui? De que você mais gosta nesta cidade?

  • O-cupação: Com que você trabalha? Que atividades você desempenha? O que é o mais difícil em sua profissão?

  • R-ecreação: O que você faz no tempo livre? Onde posso comprar o tecido que você usou para fazer isto? Desde quando você joga tênis?

  • D-inheiro: E essa história sobre o preço da gasolina? Você acha que essa proposta de emenda à Constituição irá nos afetar negativamente? Por que será que os ricos não pagam mais impostos que os pobres?

7. Seja honesto. Fale abertamente que você não gosta de conversas superficiais, que prefere um papo mais profundo. Algumas perguntas mais pessoais também são válidas, como: “De que você tem medo?“ ou ”Do que você mais gosta em sua vida atual?".

8. Aprenda com os mestres. Observe grandes oradores pela TV ou Internet, veja como e quais perguntas fazem, como usam os momentos de silêncio e até que piadas se atrevem a contar.

9. Alimente sua autoestima. Um elogio é sempre bem-vindo e faz com que seu interlocutor se sinta bem. Desta maneira, você irá conquistar sua atenção e interesse. Mas seja sincero. Não exagere!

10. Pratique com qualquer pessoa. Seja com quem sentou ao seu lado no ônibus ou com a senhora da limpeza do seu escritório, todo treino é válido para quem quer se tornar um ás da conversa.

11. Use o formato ERE:

  • E-mpatize: Encontre algo que os dois tenham em comum naquele momento. Por exemplo: “Que delícia este drink que nos serviram. De que é?“.

  • R-evele: Compartilhe sua experiência pessoal sobre o mesmo assunto, como: ”Uma vez, tentar dar uma de barman, usei...“.

  • E-stimule: Convide a pessoa a compartilhar algo de que goste. Tente um: “Percebi que você não gostou desta bebida. Que drink você prefere?”.

12. Use uma versão melhor da típica pergunta ”O que você faz?“. Ao invés disso, prefira perguntar: ”como você mantém seu dia ocupado?" Assim, a pessoa falará sobre o que quiser, seja família, trabalho, estudos, etc.

Lembre-se, você não é o único a sentir-se estranho ou tímido numa situação na qual ninguém se conhece. Os outros estão na mesma posição, até mesmo aqueles que parecem muito seguros. E é melhor que seja você a quebrar o gelo.


34 visualizações

Telefone

Filial Paulista Constanzo 

Rua Haddock Lobo, 131 Conj. 1108

2671 - 1111

Matriz Tatuapé Constanzo

Rua Apucarana, 1.350

constanzo@constanzo.com.br

Empresas do Grupo Constanzo